Recolha Seletiva

A recolha dos materiais depositados nos ecopontos é realizada segundo circuitos independentes para cada tipo de material, utilizando-se para o efeito viaturas específicas, dotadas de dispositivos de elevação dos contentores.

A rede de pontos de recolha é constituída por cerca de 1300 pontos, sendo usadas 9 viaturas de recolha.

Os circuitos atualmente estabelecidos são 19 e estão organizados de forma sustentável, exigindo um contínuo e constante trabalho de otimização. Este trabalho, que decorre ao longo do ano, tem sempre em conta o crescimento da população, o número de pontos de recolha já existentes e os dados relativos aos enchimentos dos contentores.

A Valorlis tem implementado um Sistema de Informação Geográfica (SIG), usando igualmente outras ferramentas, que no seu todo contribuem para o apoio à decisão nesta atividade:

  • Georeferenciação de toda a rede de ecopontos
  • Criação de uma base de dados de apoio ao SIG, com a compilação da informação relevante relativa aos pontos de recolha
  • Utilização no SIG dos dados estatísticos obtidos através do registo diário das equipas de recolha
  • Implementação de um sistema de aquisição e gestão de dados no processo  (SPAR), que permite que as equipas de recolha façam o registo do enchimento dos contentores, estado de higiene, avarias, pesagens e quilómetros efetuados, num PDA
  • Utilização de um  Sistema de Controlo de Frotas, que permite localizar em tempo real as viaturas através de uma plataforma baseada na internet.